© 2017 por Timepress Comunicação e Conteúdo

Programa de Gestão de Segurança do Trabalho ajuda a reduzir custos e salvar vidas

February 15, 2018

 

Especialista do Seconci-SP explica os ganhos obtidos com a inserção de um plano de gestão que permeia todas as fases da obra

 

A implementação de um plano de Gestão de Segurança do Trabalho (GST) na área de construção civil traz uma série de benefícios às empresas. Além da redução de custos desnecessários, dentre os principais ganhos, estão as vidas que podem ser preservadas nos canteiros de obras.

 

O engenheiro de Segurança do Trabalho do Seconci-SP (Serviço Social da Construção), Michel da Rocha Sotelo, explica que muitas companhias da área de construção ainda não vislumbram estes benefícios e acabam considerando este tipo de gestão somente quando acontece um acidente ou mediante fiscalização na obra.

 

O especialista ressalta que o plano de GST precisa estar presente desde a concepção do projeto e permear todo o período da obra. “Na fase de planejamento já é possível definir, por exemplo, os tipos de EPCs (Equipamentos de Proteção Coletiva), EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) e treinamentos de segurança que os trabalhadores precisarão para executarem o trabalho”. 

 

A partir destas informações, os gestores conseguem estabelecer as Normas Regulamentadoras (NR) que precisarão ser aplicadas naquele canteiro específico, evitando gastos desnecessários como penalidades e multas dos órgãos fiscalizadores. Atualmente, existem 36 NRs, como a que trata sobre as condições e meio ambiente de trabalho na indústria da construção (NR-18), a de trabalho em altura (NR 35), a de ambientes confinados (NR 33), a de máquinas e equipamentos (NR 12), entre outras.

 

“Exemplificando: se no projeto inicial de um prédio com fachada de vidro não for pensada a correta instalação da linha vida (cordas ou fitas ligadas ao cinto de segurança e a ancoragens com o objetivo de permitir que as pessoas trabalhem em altura com segurança), para resguardar os trabalhadores que realizarão a limpeza e manutenção da fachada, isso poderá trazer um custo adicional elevado para a construtora após a conclusão da obra, além de colocar a vida do funcionário em risco”, comenta Sotelo.

 

O Seconci-SP possui equipes formadas por engenheiros e técnicos que podem assessorar as construtoras em todo o processo de montagem e aplicação do plano de Gestão de Segurança do Trabalho. A entidade conta também com um serviço de visitas técnicas, que podem ser solicitadas esporadicamente pelas empresas, para aferir se as exigências de segurança do trabalho estão sendo observadas no canteiro.

Sotelo explica que hoje, em virtude da complexidade de muitas construções, existe a necessidade de aplicação de treinamentos específicos para os trabalhadores em alguns ramos da construção civil. E que o Seconci-SP, em virtude da sua expertise, é de grande ajuda para os empresários porque consegue desenvolver cursos modulares, com ações personalizadas dependendo da necessidade da obra.

 

Na unidade sede do Seconci-SP, por exemplo, existe um ambiente que foi construído exclusivamente para preparar trabalhadores que exercerão atividade em ambientes confinados e em altura.

 

O engenheiro de Segurança do Trabalho do Seconci-SP ressalta também que após o início da obra, o programa de GST exerce um papel muito importante na prevenção. “Os Diálogos Diários de Segurança (DDS), por exemplo, são uma das atividades estipuladas pelo plano e que precisam do envolvimento de toda a liderança para funcionar efetivamente”, explica.

Após a conclusão da obra, o plano de GST fornece ainda um banco de dados muito valioso para a empresa, criando estratégias eficientes a fim de evitar acidentes de trabalho e corrigir falhas em seus futuros projetos.

 

As empresas que quiserem desenvolver um plano de Gestão de Segurança do Trabalho com a orientação do Seconci-SP podem contatar a Gerência de Relacionamento com o Mercado, por meio do telefone (11) 3664-5888 ou e-mail: relacoesempresariais@seconci-sp.org.br.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

6 principais motivos para você participar do 6º Congresso Nacional Valorização do Rental

May 17, 2018

1/7
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo